5 de fev de 2010

Amor Eterno, Família Eterna...


"Aprendi que a esposa do meu coração pode ser unida a mim para toda esta vida e por toda a eternidade; e que as refinadas emoções e afetos que nos aproximaram um do outro emanaram da fonte do divino amor eterno. Aprendi que podemos cultivar esses afetos e fazer com que cresçam e aumentem para toda a eternidade; e o resultado de nossa união eterna será uma descendência tão numerosa quanto as estrelas do céu ou as areias da praia. (...) Eu já havia amado, mas não sabia por quê. Mas então amei com uma pureza, uma intensidade de sentimentos elevados e exaltados que ergueram minha alma acima das coisas transitórias deste mundo abjeto e a expandiu como o oceano. (...) Em resumo, agora posso amar com o espírito e também com entendimento”
(Parley P. Pratt, Autobiography of Parley P. Pratt, comp. Parley P. Pratt Jr. (1938), pp. 297–298; divisão de parágrafos alterada.)


Somente as experiências de um casamento e da criação de uma família podem ensinar-nos o que realmente é amar incondicionalmente.

9 de nov de 2009

Receber orientação Espiritual


"A espiritualidade gera dois frutos. O primeiro é a inspiração, saber o que fazer. O segundo é o poder, ou a capacidade de fazê-lo. Essas duas habilidades vêm juntas. É por isso que Néfi pôde dizer: “Eu irei e cumprirei as ordens do Senhor”(1Nefi 3:7). Ele conhecia as leis espirituais nas quais se baseiam a inspiração e o poder. Sim, Deus responde às orações e dá-nos orientação espiritual quando somos obedientes e exercemos a necessária fé Nele."


(Richard G. Scott, "Receber orientação Espiritual", Liahona Nov.2009 pp 7)


Elder Scott é um exemplo de espiritualidade, acredito que se tem alguém que pode nos ensinar a como receber e reconhecer a voz do Espírito Santo, esse alguém é ele.

Sempre pensei muito no fato de receber inspiração para nossas decisões, sei que o Senhor fala conosco, também sei que Ele nos dá forças para fazer o que precisamos fazer, mas nunca tinha pensado que a Inspiração e o Poder de fazer andavam lado a lado. Faz muito sentido. Se queremos ter uma vida destinada a seguir os passos do Salvador e se queremos chegar a viver com Deus precisamos dar ouvido à Sua voz e buscar a força e a coragem do Senhor para fazer.

Saber o que fazer é importante, mas ter coragem de fazer o que sabemos ser certo é muito mais importante.

Sei que Deus nos orienta e sei que Ele nos fortalece. Meu presidente de estaca sempre fala que nada é impossível de ser feito por duas pessoas quando uma delas é Deus.

É a mais pura verdade!!!

28 de out de 2009

Pedido e Promessa de um Profeta


Não é a primeira vez que posto sobre a importância da leitura diária das escrituras, mas dessa vez eu gostaria de colocar a opinião e a promessa do profeta Thomas S. Monson sobre o assunto.

Ele disse:

"[Todos] devem estudar diariamente as escrituras. Ler muito de uma vez só não dá nem de longe tão bons resultados como a leitura e aplicação diária das escrituras a nossa vida.
Familiarizem-se com as lições que as escrituras ensinam. Aprendam o contexto das parábolas do Mestre e das advertências dos profetas. Estudem-nas como se fossem dirigidas a vocês, porque, na verdade, são.

Prometo a vocês, [...] que se estudarem as escrituras com diligência, sua capacidade de fugir das tentações e ser orientados pelo Espírito Santo em tudo o que fizerem aumentará."

(Thomas S. Monson, "Dê o melhor de si",Liahona Mai 2009, pp 68)

Acredito fielmente que quando estudamos as escrituras diáriamente ficamos mais fortes e assim ficamos protegidos contra os dardos do inimigo. Isso acontece exatamente porque nos aproximamos mais de Deus e de Seu Espírito Santo.

Fica aí a promessa do profeta confirmando o que eu já sabia...

27 de out de 2009

Um evangelho de respostas

Vocês já perceberam que todos os dias aparecem novos livros de Auto-Ajuda, novos programas de tv para ajudar você a ter uma vida melhor e etc?

Fico pensando que se as pessoas procurassem as respostas de suas perguntas no evangelho elas não só as encontrariam como elas transformariam suas vidas pra sempre...

"O mundo não se acanha em oferecer numerosas respostas novas para cada problema que enfrentamos. As pessoas correm de uma ideia para outra, esperando encontrar algo que responda às questões veementes de sua alma. Elas frequentam congressos e compram livros, CDs e outros produtos. São apanhadas pela euforia de procurar algo novo. Mas, inevitavelmente, a chama de cada nova teoria enfraquece, para logo dar lugar a outra solução “nova e aperfeiçoada” que promete fazer o que as anteriores não conseguiram.
Não é que essas opções não contenham elementos da verdade: muitas delas os têm. Não obstante, todas elas carecem da mudança duradoura que procuramos em nossa vida. Depois que desaparece a euforia, permanece o vazio ao buscarmos uma nova ideia que desvende os segredos da verdadeira felicidade.

Em contraste, o evangelho de Jesus Cristo contém respostas para todos os nossos problemas. O evangelho não é um segredo. Não é complicado nem está escondido. Ele abre as portas da verdadeira felicidade. Não é a teoria ou proposição de alguém. Não vem de nenhum homem. Ele brota das águas puras e eternas do Criador do universo,
que conhece verdades que nem ao menos podemos começar a compreender. E com esse conhecimento, Ele nos deu o evangelho — um dom divino, a fórmula definitiva para a felicidade e o sucesso."
(Pres. Dieter F. Uchtdorf, O Caminho do discípulo, Liahona Mai 2009, pp 75-76)


1 de out de 2009

Como criar um ambiente celestial para receber os filhos?



Acredito que duas preocupações aparecem na cabeça de todo casal na hora de ter filhos. A primeira é "Vou ter condições financeiras pra isso?" e a segunda é "Como vou preparar meu lar para isso?"

A resposta da primeira pergunta é facil: "Mas buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça; e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (3Nefi 13:33)

A segunda pergunta eu vou deixar a S. Beck e o E. Oaks responder.

Irmã Beck

"Uma das instruções mais simples para isso se encontra em Gênesis, capítulo 2, onde o Senhor diz que o homem deixará seu pai e sua mãe e se apegará à sua mulher, e serão um (ver Gênesis 2:24). Isso dá ao casal três incumbências: sair de onde estão, apegar-se um ao outro e ser um. Se eles colocarem em prática esses três princípios, começarão a desenvolver esse relacionamento com o Senhor. "

Élder Oaks

"Gosto de dizer aos jovens casais que estão para casar-se que eles devem primeiro olhar um para o outro, como fazem no altar durante a cerimônia — não para seus pais, irmãos ou amigos — eles devem confiar primeiro um no outro para resolver seus problemas, porque a união entre eles, sob a amorosa autoridade presidente do Pai Celestial nesse triângulo, fará com que sobrepujem os problemas inevitáveis do casamento."
(TML Fev 2008, p 12)

Um bebê não precisa de nada mais do que um lar onde os pais se amem, se respeitem e tenham o evangelho Jesus Cristo como alicerce.

"A felicidade na vida familiar é mais provável de ser alcançada quando fundamentada nos ensinamentos do Senhor Jesus Cristo. O casamento e a família bem-sucedidos são estabelecidos e mantidos sob os princípios da fé, da oração, do arrependimento, do perdão, do respeito, do amor, da compaixão, do trabalho e de atividades recreativas salutares."

A Verdade Restaurada


"A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a Igreja restaurada, que teve início com a aparição do Pai e do Filho ao Profeta Joseph Smith. Naquela grandiosa Primeira Visão, como a chamamos hoje, duas grandes idéias transcendentais foram reveladas e têm guiado a Igreja desde aquela época.

A primeira — que Ele é o Pai. De todos os títulos que Deus poderia dar a Si mesmo, escolheu aquele que mais O aproxima de todos nós. Ele é nosso Pai. Aceitamos isso — que somos filhos de Deus. E com o Filho ali, a ocasião tornou-se uma apresentação de família. Assim, apareceram o Pai e o Filho.
Numa revelação feita logo depois, o Senhor disse: “Portanto eu, o Senhor, conhecendo as calamidades que adviriam aos habitantes da Terra, chamei meu servo Joseph Smith Júnior e falei-lhe do céu e dei-lhe mandamentos”(D&C 1:17)."


(Boyd K. Packer, A Proclamação sobre a Família, TML Fev 2008, p 4)

Resumindo, Deus é nosso pai e quer que a gente o conheça por esse título, ele quer que sejamos filhos Dele e confiemos Nele como um filho confia em seu pai. Por ser um Pai bondoso ele chama seus representantes para nos guiar. Por conhecer as dificuldades do mundo Ele tem nos orienta e nos dá seus mandamentos através de seus servos chamados.

29 de set de 2009

O que temos para consolar-nos em relação à morte?




A morte não é o melhor assunto a ser tratado, mas faz parte do maravilhoso plano de Nosso Pai Celestial.

Perder um ente querido é uma das experiências mais dolorosas que vamos passar nessa etapa de nossa vida, mas apesar de toda a dor da separação podemos nos regozijar com a certeza de que essa separação é temporária. Não perdemos nosso ente pra sempre, na ressurreição nós podemos encontrá-lo novamente e abraça-lo e passar o resto da eternidade juntos.

Deus não criou um laço tão forte e tão bonito quanto o laço familiar e o laço de amizade para simplesmente acabar. Não, esses laços são eternos e podemos nos alegrar por isso.

Meu coração se regozija em saber que vamos rever nossos parentes e amigos que já se foram.

O plano de Salvação do Pai Celestial realmente é perfeito!!!

"Temos mais motivos para ter grande esperança e consolo por nossos mortos do que qualquer outro povo da Terra; porque os vimos andar dignamente em nosso meio e os vimos adormecer nos braços de Jesus. (...)
Vocês que choram têm motivo para regozijar-se;porque [seu ente querido] partiu para esperar a ressurreição dos mortos — até que sua perfeição esteja completa; porque na ressurreição [seu ente querido] se levantará em perfeita felicidade e irá para a glória celestial. (...) "

(Ensinamentos dos Profetas da Igreja - Joseph Smith, "Palavras de esperança e consolo na hora da morte", pp 182,183)

28 de set de 2009

Manter-se próximo do espírito


Muitas vezes no deparamos com aqueles filmes que tem "só uma cena" de violencia ou sensualidade e nos questionamos se isso tem problema. A tendência do homem natural é dizer " É só uma cena, isso não me fará mal.. eu sei me controlar." Isso também acontece com aquela musicas que sabemos que tem duplo sentido ou palavras de baixo-calão ou com aqueles sites que tem aquela propaganda pequenina no canto da tela com mulheres semi-nuas.

Bem, sobre o fato de ver ou não ver esse tipo de material, segue a opinião do Elder Bednar.

“O padrão é claro. Se algo em que pensamos, algo que vemos, dizemos ou fazemos nos afasta do Espírito Santo,devemos parar de pensar, ver, assistir, ouvir ou fazer isso, seja lá o que for. Se, por exemplo, aquilo que teria o objetivo de nos divertir nos aliena do Espírito Santo, é porque com certeza esse tipo de diversão não nos serve.”

(Élder David A. Bednar, do Quórum dos Doze Apóstolos, “Para Que Possamos Ter Sempre Conosco o Seu Espírito”, A Liahona, maio de2006, p. 30.)

25 de set de 2009

Ele não poderia ser o profeta que é...



Russell M. Nelson falou sobre o Elder Boyd K Packer :

“Quando o Quórum dos Doze está ponderando sobre um problema, o Elder Packer procura em sua mente ensinamentos relevantes no Livro de Mórmon e aplica-os à nossa discussão. O Livro de Mórmon tem tido um grande impacto na vida do Elder Packer. Sem o Livro de Mórmon, o Elder Packer não poderia ser o profeta que é, ele é um vidente dotado”.

Acredito que é por causa dessas coisas que Joseph Smith declarou: “Eu disse aos irmãos que o Livro de Mórmon era o mais correto de todos os livros da Terra e a pedra fundamental de nossa religião; e que seguindo seus preceitos o homem se aproximaria mais de Deus do que seguindo os de qualquer outro livro.”

As escrituras mudam nossas vidas pra sempre. Taí a importancia de estudá-las todos os dias....

24 de set de 2009

Somos o exemplo que precisamos ser?


"Na sociedade atual, os padrões de decoro, dignidade e cortesia são atacados por todos os lados e
em todos os tipos de mídia. Como pais e líderes, nosso exemplo de respeito uns pelos outros é crucial para nossos jovens e crianças, pois eles não assistem somente à mídia, eles assistem a nós!
Somos o exemplo que precisamos ser?

Façam a si mesmos estas perguntas: Sou exemplo de respeito em meu lar pela maneira como trato aqueles a quem mais amo? Como me comporto durante um evento esportivo? Se meu filho se desentende com um professor, treinador ou colega, escuto os dois lados da história? Demonstro tanto respeito pela propriedade alheia como pela minha? Como reajo àqueles de quem discordo em assuntos de religião, estilo de vida ou política? Quando pais e líderes são exemplos e ensinam respeito pelos outros, confirmamos, no coração de nossos filhos, que cada um de nós é verdadeiramente filho ou filha de Deus e que somos irmãos para a eternidade."

(Margaret S. Lifferth, "Respeito e Reverencia", Liahona Mai 2009, pp 11)

Com filho pequeno, fiquei realmente pensando na frase em destaque.

Temos uma grande responsabilidade de ser o exemplo para todos, principalmente para os mais jovens. Eles observam tudo e por estarem em fase de formar sua personalidade, os exemplos fazem toda a diferença.

Segue um vídeo sobre o assunto....



23 de set de 2009

Visão de Eternidade


"Creio que se pudéssemos criar em nossa mente uma imagem clara e verdadeira da vida eterna, começaríamos a comportar-nos de modo diferente." (L. Tom Perry, "O Evangelho de Jesus Cristo", CG Abr 2008, p44)

Quando eu li essa citação lembrei da pergunta de Alma 5:14 "E agora, eis que vos pergunto, meus irmãos da igreja: Haveis nascido espiritualmente de Deus? Haveis recebido sua imagem em vosso semblante? Haveis experimentado esta poderosa mudança em vosso coração? "

Alguém já parou pra pensar o que significa ter a vida eterna e ser co-herdeiro com Cristo? O Senhor prometeu TUDO para seus herdeiros. Vale a pena ser obediente por essa herança?

Essas foram algumas perguntas que vieram a minha mente... Cheguei a conclusão que preciso melhorar a cada dia para alcançar esse objetivo... Preciso, a cada dia, receber mais alguns traços da imagem de Cristo no meu semblante .
Sei que vale a pena!

13 de jul de 2009

A dádiva do Arbítrio

“ A grande dádiva da liberdade é como o fogo: Se controlado adequadamente, torna-se uma força da vida; Se usado impropriamente, torna-se uma força da morte. O direito de escolher que nos foi dado, nos trará exaltação se usado sabiamente. Por esse direito poderemos nos tornar filhos de Deus obtendo a plenitude de Seu reino. Se usado impropriamente, torna-se o fator de exílio da presença de Deus para a escuridão eterna, onde podemos chegar a ser filhos da Perdição, escravos do pecado.”

(Joseph Fielding Smith , O Caminho da Perfeição, pp 120)

22 de dez de 2008

Feliz Natal

Feliz Natal pra todos!!!
E
Que o Espirito do Natal possa habitar no lar de todos e que a alegria, a felicidade, o amor e a união despertada nessa data possa se extender para todos os dias de suas vidas.


O Presidente David O. McKay (1873–1970) declarou: “Só alcançamos a verdadeira felicidadequando fazemos os outros felizes — a aplicação prática da doutrina do Salvador de perder a própria vida a fim de encontrá-la. Em suma, o espírito de Natal é o espírito de Cristo, que faz nosso coração ficar repleto de amor fraternal e amizade, e nos impele a praticar atos bondosos de serviço. É o espírito do evangelho de Jesus Cristo, cuja observância trará ‘paz na Terra’, pois implica boa vontade para com todos os homens”.

Presidente Thomas S. Monson completou:"É doar, não receber, o que faz florescer plenamente o espírito de Natal. Perdoamos os inimigos, recordamos os amigos e obedecemos a Deus. O espírito de Natal nos ilumina a alma e abre os olhos espirituais, o que nos leva a enxergar além da vida agitada que temos e a nos interessar mais pelas pessoas do que pelas coisas. Para compreender o verdadeiro significado do “espírito de Natal”, basta ter em mente que se trata, naverdade, do “Espírito de Cristo”."

10 de nov de 2008

A época de milagres não acabou

"Deus lida com os homens de acordo com a sua fé. O Salvador operou grandes milagres pela sua própria fé, mas a maioria deles aconteceu quando a fé aflorava no coração das pessoas. Em outros lugares, ele não realizou tantos grandes milagres “por causa de sua descrença”. A fé é um dom de Deus, e aqueles que o servem da melhor forma têm a maior parte. Fé é o solo de onde nascem os milagres. “Todas as coisas são possíveis àquele que acredita.” (Orson F. Whitney, Saturday Night Thoughts [Salt Lake City: Deseret News, 1921, p. 283]).

Nós precisamos acender uma fé poderosa. Nós precisamos manifestar uma fé vivente.
(eis a seguir um princípio muito importante sobre a fé)
Nós precisamos aceitar as coisas que pedimos a Deus como se já estivessem sido realizadas. Se uma pessoa pede a seu pai por pão, será que ele lhe dará uma pedra? Se nós, como mortais, somos capazes de dar bons presentes àqueles que pedem, quão maior é o amor que comove a Deus para realizar sua divina promessa!Tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis, e tê-lo-eis.” (Marcos 11:24)
Esta é a vontade de Deus. Permita que lhe seja manifestada. Pois os milagres não deixaram de existir, nem devem deixar de existir. Quando eles terminam, é porque nós racionalizamos e nos colocamos fora do alcance ou deixamos de acreditar naquele Ser maravilhoso que chamamos de Pai Celestial.

Em Morôni 7 :27-29, 37 diz

27 Portanto, meus amados irmãos, cessaram os milagres porque Cristo subiu aos céus e sentou-se à mão direita de Deus para reclamar do Pai os direitos de misericórdia que tem sobre os filhos dos homens?
29 E por ter ele feito isto, meus amados irmãos, cessaram os milagres? Eis que vos digo que não; tampouco os anjos cessaram de ministrar entre os filhos dos homens.
37 ... porque é pela fé que os milagres são realizados; e é pela fé que os anjos aparecem e ministram entre os homens; portanto, ai dos filhos dos homens se estas coisas tiverem cessado, porque é por causa da descrença; e tudo é vão.

4 de nov de 2008

O Homem sempre estará certo... Se...

Thomas S. Monson nos treinamento mundial de Liderança disse :

"(...)Lembrei-me dessa verdade: “A sabedoria de Deus pode parecer loucura aos homens,
mas a maior de todas as lições da mortalidade é que quando Deus fala e o homem obedece, esse homem sempre estará certo”. Os líderes da Igreja falaram. Nós,(...), só [precisamos] obedecer. A bênção [virá], com certeza."
(TML - Junho 2003 "Poreis dentro de vós um espírito novo" - Thomas S Monson, pp 21)

Penso muito nisso quando ouço um de meus líderes pedindo que façamos alguma coisa. Aprendi que apesar de as vezes parecer loucura ou impossível de fazer algo pedido, se o lider fala através de inspiração devemos fazer, pois o Senhor fala através de seus servos e Ele sempre possibilita um meio de se cumprir o que está sendo pedido...
Quando fazemos o que nos foi pedido podemos ver a mão do Senhor abençoando nossa vida e a vida das pessoas ao nosso redor. Nunca vamos errar se estivermos fazendo a vontade do Senhor...
Tenho um testemunho pessoal disso...


3 de nov de 2008

Idéias para o estudo das escrituras


Estava lendo o Treinamento Mundial de Liderança de junho de 2004 e peguei uma dica muito boa sobre como estudar as escrituras. Já tinha escutado ideia semelhante, mas nunca dei muita atenção.
A idéia de ESTUDAR as escrituras fica bem mais clara quando fazemos da forma descrita por Elder Ballard nesse treinamento. Acredito fielmente que ler as escrituras nos ajuda mas estudar as escrituras nos fortalece e faz toda a diferença.
Estudar envolve pesquisa, leitura, meditação, oração, ponderação etc... Todos esses elementos combinados possibilita a oportunidade de nos banquetear com as escrituras...

"Direi como eu faço [para estudar as escrituras]. Não estou sugerindo que essa seja a única maneira de se fazer isso. Mas descobri que quando leio as escrituras tendo em mente um assunto que desejo esclarecer, concentro-me melhor do que se simplesmente as ler. Por exemplo: Se estou preocupado com o perdão, ou o arrependimento, ou a Expiação, ou qualquer outra questão doutrinária, posso procurar no guia para estudo das escrituras, consultar outros recursos, procurar referências remissivas sobre um assunto, e então consigo ter algum esclarecimento sobre aquele assunto, porque o estudei de modo diferente. "

(TML junho 2004 - Abençoar, inspirar e elevar, pp 6-7)

31 de out de 2008

Podemos e vamos fazê-lo


Hoje estava lendo um discurso do Presidente Eyring que foi proferido na conferência de Abril de 2008 chamado "A igreja verdadeira e viva" e uma parte que destacou muito foi a exortação do presidente para que melhoremos. A igreja de Cristo está se preparando para o evento mais esperado de todos os tempos. A volta de Cristo. Precisamos estar preparados para nos encontrar o ser mais perfeito que existe.
Gosto do jeito otimista e confiante dos lideres da igreja, acho que temos muito a aprender com a fé e determinação dos lideres que dizem "Precisamos melhorar. Podemos e vamos fazê-lo". Que visão eim!
Deixo aqui a citação incrível do Presidente Eyring para que todos possamos nos auto-avaliar e melhorar... sempre... "nós podemos"... vamos fazê-lo???
"Sabemos por profecia que não só a Igreja verdadeira e viva não será tirada novamente da Terra, mas também que ela se tornará melhor. Nossa vida mudará para melhor à medida que exercermos fé para o arrependimento, lembrarmo-nos sempre do Salvador e cumprirmos mais fervorosamente Seus mandamentos. As escrituras contêm promessas de que, quando o Senhor voltar, encontrará Sua Igreja espiritualmente preparada para Ele. Isso deve fazer com que nos sintamos mais determinados e otimistas. Precisamos melhorar. Podemos e vamos fazê-lo."

(Henry B. Eyring, A igreja viva e verdadeira, Liahona mai 2008)

23 de out de 2008

Agarrar-se ao Salvador


Elder Nelson contou uma historia pessoal para explicar um principio do evangelho de forma muito inspirada. Ele falou sobre o nosso exemplo pessoal motivar as pessoas a fazer o certo.

Ele explicou que muitas vezes na vida não podemos simplesmente agarrar e forçar as pessoas que amamos a tomar as decisões que queremos, mesmo sabendo que é o melhor pra elas. Devemos sim refletir e tomar as decisões sabias para que nossas vidas sejam um exemplo de felicidade e retidão.

A luz geralmente chama a atenção e se nossas vidas forem iluminadas pela pureza e pela virtude daqueles que guardam os mandamentos de Deus nossos amigos e entes queridos sentirão-se atraidos ao nos ver nessa situação acabarão seguindo nosso exemplo e se mantendo seguros e puros também.

Nossas decisões são muito importantes, podem mudar as nossas vidas e as vidas das pessoas que amamos...

Segue o relato do Elder Nelson

"Há alguns anos, quando várias de nossas filhas ainda eram adolescentes, a irmã Nelson e eu viajamos de férias com a família, bem longe de telefones e namorados. Planejamos uma viagem em um bote inflável pelo Rio Colorado, atravessando o Grand Canyon. Ao começarmos o passeio, não tínhamos idéia de como ele poderia ser perigoso.

O primeiro dia foi lindo. Mas no segundo, quando nos aproximamos das corredeiras do Horn Creek e vimos a descida extremamente íngreme à frente, fiquei apavorado. Navegando em um bote de borracha, nossa preciosa família estava se aproximando de uma cascata. Coloquei, instintivamente, um braço em volta de minha mulher e o outro abraçando minha filha mais nova. Para protegê-las, tentei apertá-las contra mim. Mas, ao chegarmos ao precipício, o barco dobrou-se e atirou-me ao ar, como se fosse um enorme estilingue. Caí nas corredeiras agitadas do rio. Foi bem difícil voltar à tona. Cada vez que eu tentava tomar ar, batia com a cabeça na parte de baixo do bote. Minha família não conseguia me ver, mas eu podia ouvi-los gritando: "Pai! Onde está o papai?"

Finalmente achei a lateral do bote e voltei à superfície. A família puxou meu corpo semi afogado para fora da água. Ficamos gratos por estarmos em segurança juntos.

Os dias que se seguiram foram agradáveis e deliciosos. Chegou então o último, quando deveríamos atravessar uma cachoeira denominada Lava Falls, conhecida como o declive mais perigoso da viagem. Quando percebi o que vinha pela frente, imediatamente pedi que puxassem o bote para a margem, para realizarmos uma reunião de emergência do conselho de família. Sabia que se quiséssemos sobreviver àquela experiência, precisaríamos planejar tudo cuidadosamente. Argumentei com a família: "Aconteça o que acontecer, o bote de borracha ficará flutuando. Se nos segurarmos com toda a força às cordas amarradas no bote, conseguiremos. Mesmo que ele vire, ficaremos bem se nos segurarmos firmemente às cordas".

Voltei-me para minha filhinha de sete anos e disse-lhe: "Todos os outros vão agarrar-se firmemente a uma corda. Mas você terá que abraçar o papai. Sente-se atrás de mim e coloque seus braços ao meu redor e segure-se bem apertado, enquanto me agarro à corda".

E assim fizemos. Atravessamos aquelas corredeiras íngremes e agitadas — agarrando-nos à vida — e todos conseguimos fazê-lo em segurança

A LIÇÃO

Irmãos e irmãs, quase perdi a vida aprendendo uma lição que agora lhes transmito. Ao passarmos pela vida, quando estamos em águas agitadas, o impulso instintivo de um pai de agarrar-se firmemente à mulher ou aos filhos pode não ser a melhor maneira de alcançar seu objetivo. Em vez disso, se ele se agarrar ternamente ao Salvador e à barra de ferro do evangelho, sua família desejará agarrar-se a ele e ao Salvador."

(Russell M. Nelson – Ponha em ordem a sua casa – GC out 2001)